Segundo Kiribati 36 quase velejando

Estamos contentes por anunciar que em breve a classe Kiribati 36 vai ter mais um representante velejando o oceano azul.

Kiribati 36 J-One.

O novo barco é chamado J-One, e está recebendo os retoques finais de uma construção precisa e perfeccionista em Porto Alegre, a mesma cidade em que o interior do primeiro Kiribati 36, Green Nomad, foi construído.

Jone e Vera acompanhando a construção do casco.

O J-One foi completado por nosso cliente Jone Martins ( sim, o nome do barco não é coincidência ) a partir de um casco construído pelo estaleiro Ilha Sul Construções Náuticas. A forte construção em alumínio, com chapas de 10 mm no fundo e 8 mm no costado, oferece a base perfeita sobre a qual construir um grande barco de cruzeiro oceânico irrestrito.

Cabine de pop.

A qualidade dos materiais e mão-de-obra oferecidos pelo estaleiro Ilha Sul foi equiparada pelo acabamento perfeito e instalações de qualidade feitas por Jone.

O J-One ainda não é um modelo feito com a segunda versão do projeto, o Kiribati 36 MK2, mas muitas das inovações já estão incorporadas, como a borda falsa incorporada na chapa superior do costado.

No arranjo de convés Jone escolheu a versão de mastração do Multichine 36 SK, e por dentro algumas mudanças também foram feitas em relação ao projeto.

Assim o J-One passa a ser um barco único, incorporando muitas características consideradas por Jone como necessárias para o seu barco dos sonhos.

Esta é uma da grandes vantagens da construção amadora ou semi-amadora: a possibildade de adaptar um barco às suas idéias quase que totalmente.

Jone optou por um arranjo diferente no banheiro, eliminando o acesso interno à área técnica e dessa forma abrindo a possibildade de ter um chuveiro com box totalmente separado. A qualidade da execussão foi soberba, como se pode ver abaixo.

Jone tambem decidiu fechar uma das passagens de acesso á sala de estar, criando assim uma cozinha em U, similar à do Multichine 36 SK, mas com as pias na mesma posição das do Kiribati 36.

Chuveiro com Box separado, um comforto extra.

No convés o uso de placas de anti-derrapante em EVA deixou um acabamento muito bonito.

Como o barco vai ser usado principalmente em regiões temperadas Jone não instalou todas as gaiútas de abrir especificadas no pilot house, mas a visão panorâmica foi mantida, proporcionando uma área agradável de trabalho na cozinha e mesa de navegação. Esta foi feita em nível elevado e voltada para a proa, conforme a versão original do projeto.

A construção foi minuciosamente efetuada, e este barco será uma verdadeira máquina de viagens oceânicas, seguro, eficiente e um prazer para se morar a bordo.

É tambem um barco fácil de manter, com a capacidade de encalhar nas marés para limpeza e reparos de emergência.

O Kiribati 36 Green Nomad no sêco na Bahia.

Clique aqui para saber mais sobre o projeto do Kiribati 36MK2.