Curruira 33 agora pode ser construída também em fibra de vidro

Curruíra 33 “Milestone” construída na Turquia e navegando constantemente no Mar de Mármara.

Desde que a primeira Curruira 33 foi lançada na Turquia muita gente tem ficado encantada com sua beleza e seu estilo. O interesse foi muito grande e veio de vários lugares. Até uma revista na Suécia inseriu uma seção exclusiva sobre a Curruira 33 em uma matéria sobre trawlers dizendo que não era necessário gastar milhões de dólares para se ter um trawler confortável e atraente.

Inicialmente a Curruira 33 estava dimensionada apenas para a construção em madeira/epóxi pelo método strip planking, mas em algumas das consultas que recebemos as pessoas nos perguntavam sobre a possibilidade da construção em outros materiais. Um navegador de São Paulo se disse completamente apaixonado pelo projeto mas precisava que a construção fosse em sanduíche de fibra de vidro e espuma de PVC, pois tinha um amigo construtor de barcos que trabalhava com este material. Decidimos então que esta era uma boa oportunidade de fazermos as plantas para este material e oferecermos o projeto com as duas opções construtivas.

Balizas prontas e alinhadas para o início da fabricação da primeira Curruíra 33 em fibra de vidro.

Optamos pelo método do strip planking com espuma de PVC que é bem simples e ao alcance do construtor amador, mas também bem apropriado para a construção profissional de apenas uma unidade. Em uma primeira etapa são feitas balizas transversais, que são colocadas no picadeiro e servem de base para a fixação das tiras de espuma de PVC. Depois de todas as tiras colocadas o casco já esta com seu formato final e e feita a laminação da fibra de vídeo externa. Depois do casco virado faz-se a laminação interna, a instalação das pecas estruturais e as anteparas. Logo a seguir o construtor pode fabricar o interior e fazer a instalação básica dos sistemas. Na sequencia vem o convés e por fim os acabamentos e a instalação dos últimos equipamentos.

Fechamento do casco com strips de espuma de PVC quase completo.

Preparando para a colocação dos apêndices do casco.

Viragem do casco da primeira Curruíra 33 em fibra de vidro.

Depois de um breve período de adaptação do projeto original, logo que as novas plantas ficaram prontas nosso amigo comprou o material e deu inicio a construção. Pouco tempo depois o primeiro casco em sanduíche da Curruira 33 estava pronto e virado e os trabalhos estão agora nos sistemas internos e na fabricação do interior.

Casco virado, início da preparação para fazer a laminação interna e começar o serviço de montagem do interior.

A Curruira 33 é um trawler de tamanho médio de casco deslocante, confortável e econômico. Foi desenhado para aquelas pessoas que querem um barco a motor onde possam aproveitar tanto para pequenos passeios quanto para estadias mais longas, seja em uma determinada região ou em viagens pela costa. O interior possui duas cabines em suíte na proa. O pilot-house tem seu piso elevado para o piloto ter uma boa visibilidade e ali é também é a área social onde se localiza a cozinha a estibordo logo atrás do acento do piloto, enquanto a bombordo é instalado um sofá em U circundando uma ampla mesa de refeições. O casco deslocante de linhas suaves oferece pouca resistência ao avanço com velocidade de cruzeiro moderada permitindo o uso de um motor menor e mais econômico, o consumo de combustível é baixo e a autonomia aumenta consideravelmente.

O interior da Curruíra 33 tem duas cabines na proa, dois banheiros e a pilotina com uma ampla cozinha, uma boa mesa de refeições e um espaço confortável para o piloto.

Clique aqui para saber mais sobre o Curruira 33.