Renderizações Quilhas Formulario de Pedido Fotos Quilhas Construção do Casco Convés Mastro e asteiamento Plano Vélico Lista de Planos Principais Dimensões Layout Descrição

Cabo Horn 40

Introdução: Denominamos com a marca Cabo Horn nossa linha de projetos capazes de realizar as mais radicais aventuras marítimas com alto grau de segurança.

O Cabo Horn 40 possui um casco de fundo redondo com linhas extremamente suaves. Seu calado efetivo de 1.85m pode ser considerado baixo para um veleiro de quilha fixa desse porte.

Esse projeto se enquadra na classificação de veleiro de alto mar categoria A conforme as normas de estabilidade para veleiros momocasco da Comunidade Europeia (STIX). Com uma estrutura superdimensionada, e uma relação deslocamento/lastro bastante favorável, o projeto levou em conta uma utilização fora dos padrões convencionais, o que tornou o modelo um veleiro adequado para realizar expedições de qualquer tipo.

Layout do interior: O Cabo Horn 40 possui três cabines e dois banheiros, sendo que uma das cabines é em suíte. O espaçoso salão possui um piso elevado, o que permite que seja instalada uma roda de leme interna. A sensação de bem estar em todos os compartimentos do Cabo Horn 40 é um fato reconhecido por todos que já navegaram no modelo.

O layout do interior é adequado para cinco pessoas pernoitarem. Em caso de emergência duas pessoas mais podem dormir a bordo, nesse caso utilizando como beliches os sofás do salão.

A divisão interna não prioriza qualquer de seus compartimentos, sendo todos igualmente amplos e funcionais, essa sendo uma das características que o torna um barco adequado para travessias oceânicas. A capacidade dos tanques, 750l para combustível e 350l para água doce, classificam o Cabo Horn 40 como barco de grande autonomia. Acrescentando-se um dessanilizador como equipamento, o consumo de água pode ser praticamente ilimitado. Uma análise de cada compartimento segue adiante:

Cabine de proa: Essa cabine com dois beliches em V, facilmente conversíveis para cama de casal, possui um pé direito de 1.90m no hall de entrada. Um armário de roupas e um gaveteiro permite que duas pessoas ocupem esse camarote com muito conforto.

Os beliches da cabine de proa podem facilmente ser convertidos em cama de casal, para isso bastando encaixar na cabeceira um painel de compensado com formato trapezoidal, que pode ser guardo sob um dos colchões.

Cabine com beliche de solteiro: Essa espaçosa cabine com beliche simples está localizada a bombordo do corredor de acesso à proa. Ela é um dos detalhes que fazem o Cabo Horn 40 ser um barco apropriado para realizer longos cruzeiros. Ele é ideal para ser ocupado pelo tripulante que tenha terminado seu quarto e precisa de um bom descanso em um lugar isolado para se recuperar das horas em serviço. Essa cabine é iluminada por uma gaiuta instalada no teto e ventilada por um respirador instalado sobre uma caixa “dourado”.

Para escorar quem estiver usando o beliche quando o barco estiver adernado para boreste existe uma lona guardada sob o colchão que quando é usada se fixa em duas alças localizadas nas paredes de proa e de ré da cabine.

Banheiro de proa: Esse é o banheiro comum da tripulação. Ele possui uma bancada com pia, privada, lugar para chuveiro e armário com espelho. O pé direito é superior a 1.90m e a ventilação natural e iluminação são providas da mesma forma como no camarote de solteiro.

Salão social: O salão do barco consiste em um amplo sofá em U pelo lado de bombordo, circundando uma mesa de refeições ampla o suficiente para que cinco pessoas possam fazer uma refeição confortavelmente, contrapondo-se pelo lado de boreste a um confortável sofá. Existe uma profusão de armários e estantes por trás dos encostos dos sofás, com espaço de sobra para livros e um monitor de televisão.

O salão do Cabo Horn é amplo e bem iluminado. Seu layout é grande o suficiente para abrigar até dez adultos sentados sem que ninguém se sinta apertado.

Uma característica do salão que merece ser lembrada é sua aeração e iluminação natural proporcionada por amplas janelas, gaiuta frontal e vigias de abrir instaladas nas paredes da cabine. O pé direito de 2.10m também contribui para uma temperatura amena.

Estação de navegação e comando interno: Esse compartimento é a mais completa estação de pilotagem, navegação e rádio que se possa encontrar em um veleiro de quarenta pés. A bancada do segundo comando, se este for instalado, fica virada para a proa, na frente de uma poltrona telescópica. Um monitor multifuncional, ou monitores separados, podem ser instalados sobre ela, assim como o controle do motor auxiliar e outros instrumentos. A mesa onde se pode fazer navegação tradicional com cartas náuticas, fica à boreste do assento do piloto. Ela é uma boa estação de trabalho para se usar um note book, ou operar o rádio de bordo, sendo bem separada do tráfego de pessoas na cabine.

A estação de navegação e radio comunicação oferece amplas possibilidades de personalização, dependendo das prioridades do proprietário.

Cozinha: O compartimento da cozinha com bancadas no formato de “U” fica localizada imediatamente à ré da dinete. Ela é a mais completa cozinha que conseguimos imaginar para ser instalada em um veleiro de 40 pés. No fundo do “U” fica instalado o fogão de quatro bocas com forno, munido de suspensão “Cardin”, cerca e prendedores de panelas, permitindo que quem esteja operando ali, fique separado do trânsito da entrada da cabine sem correr riscos de se queimar com respingos das panelas. Tudo fica ao alcance de um braço para quem esteja exercendo essa função a bordo.

A cozinha em “U” está localizada fora da passagem de entrada na cabine, ficando todas as suas conveniências ao alcance de um braço, oferecendo grande proteção em caso de mal tempo.

Suite de popa: Um dos pontos altos do projeto é a cabine de casal em suíte localizada à ré da entrada da cabine pelo lado de boreste. Com a adoção de uma ponte entre o cockpit e a entrada principal da cabine, o pé direito no corredor que liga o hall de entrada ao banheiro exclusivo tem um pé direito de 1.83m, o que é muito bom para uma cabine de popa. Outro detalhe muito conveniente é o acesso lateral à cama de casal por um piso entre a cama e o costado.

A cabine em suíte do proprietário é muito espaçosa e confortável para ser usada tanto em porto quanto em mar aberto. O hall de entrada, o banheiro e o corredor de acesso ao banheiro têm 1.83m de pé direito o que é excelente para um veleiro de 40 pés.

Compartimento à ré do banheiro de popa: Esse compartimento, possuindo acesso pelo cockpit, é bastante volumoso. Ali é o lugar perfeito para guardar o bote inflável, velas sobressalentes, e outros equipamentos que ocupem muito espaço, tais como gerador auxiliar, dessalinizador, etc.

Layout do convés: A superestrutura do Cabo Horn 40 tem como principal característica possuir uma cabine em dois níveis. O primeiro nível abrange a área interna sobre o convés de proa exatamente onde mais altura é desejável, permitindo um pé direito de 1.90m no hall de entrada do camarote de proa, um valor compatível com um iate desse porte. Esse recurso de design além de prover elegância de estilo também oferece um apoio para o pé de quem se dirija à proa quando o barco estiver adernado. O pé do mastro se localiza nessa parte mais baixa da cabine, sendo que a parede frontal da parte mais elevada se inicia logo à ré do mastro. Essa parede frontal é bem inclinada, o que contribui para uma melhor aerodinâmica e beleza estética.

A parte mais baixa da cabine se estende sobre o convés de proa aumentando o pé direito interno nessa área.. Sendo pouco abaulada, ela é um bom lugar para se tomar banho de sol.

O cockpit transmite boa sensação de segurança graças a braçolas elevadas e a seus assentos rebaixados.

A ponte no convés à ré da parede de popa da cabine é larga o suficiente para que se possa estender um colchonete sobre a área entre o trilho do traveller e a entrada da gaiuta, e permitir que um casal possa dormir ali numa noite quente de verão. Os proprietários de Cabo horn 40 costumam estender o dodger até o final dessa plataforma deixando apenas uma fresta entre ele e o bímini para permitir a passagem da escota da vela grande. Finalmente, a larga plataforma de embarque na popa é uma fonte de conforto, especialmente quando se está ancorado e o embarque se faz por esse caminho.

Mastreação e velas: O Cabo Horn 40 é um sloop com o estai de proa indo até o topo do maestro. A armação possui dois pares de cruzeta e um par de brandais inferiores de cada lado. Essa configuração é simples e confiável, especialmente em mau tempo. Tanto a masrtreação quanto o estaiamento são conservativamente calculados de modo a transmitir uma incomparável sensação de segurança. O plano vélico é projetado para cruzeiro sendo a área total de 70.4m², um valor moderado para que o barco seja fácil de ser conduzido com tripulação reduzida, principalmente quando navegando com ventos fortes. Para bom desempenho quando velejando com vento de proa a genoa máxima possui um overlap de 135% o que proporciona boa performance em vento fraco.

Quilha e leme: A quilha bulbosa de ferro fundido do Cabo Horn 40 é relativamente rasa para um barco desse porte (o calado é de 1.85m), o que é muito apreciado em cruzeiro por permitir chegar a lugares onde as profundidades forem menores. O leme superdimensionado em área e em estrutura proporciona um controle soberbo mesmo nas piores condições.

Construção: Projetado com a filosofia de segurança do tipo cinto e suspensório, o Cabo Horn 40 é construído em madeira moldada sobre vinte e duas cavernas laminadas, ainda sendo aplicadas duas camadas de tecido de fibra de vidro impregnadas com resina epóxi externamente. Duas anteparas estanques criam três compartimentos, em que um deles sendo alagado, o barco ainda permanece flutuando. A adoção de madeira como material construtivo, contanto que essa madeira tenha certificado como sendo plantada, representa uma boa alternativa para a preservação do meio ambiente, uma vez que a celulose retida nas células da madeira significa carbono retirado da atmosfera. Alternativamente o barco pode ser construído em sanduíche de fibra de vidro com espuma de PVC, ou em laminado maciço de fibra de vidro.