Caravela

Este barco foi projetado para ser utilizado como caíque de serviço, veleiro de recreio e embarcação de salvatagem. 0 fato de poder ser utilizado a remo ou a motor de popa aumenta a sua versatilidade. Uma rodinha na parte traseira facilita o transporte em terra e os compartimentos estanques com acesso por intermédio de tampas de inspeção permitem que objetos pessoais possam ser guardados sem risco de se molharem.

Como veleiro o Dinghy Caravela é ideal para ser usado como recreação por velejadores com ou sem experiência, pois sendo estável e estanque ele é extremamente seguro e de simples manejo. Suas duas bolinas de guilhotina situadas no costado, são práticas pois permitem um conforto maior no cockpit.

A função de veleiro de salvatagem é baseada no princípio que, quando uma embarcação de recreio com um número reduzido de pessoas a bordo naufraga é menos provável que algum tipo de socorro seja mobilizado para efetuar o resgate dos sobreviventes Daí a vantagem de uma embarcação com meios de locomoção para poder tentar atingir algum porto ou rota de navios em vez de ficar a mercê de que seja casualmente encontrada.

Para perfazer as necessidades de uma embarcação de salvatagem o dinghy Caravela 2.5 possui as seguintes características:

1. Quatro compartimentos estanques com 1000 litros de flutuação positiva.

2. Dois destes compartimentos têm tampas de inspeção que permitem que o equipamento de salvatagem seja armazenado em lugar impermeável.

3. Capota frontal acoplada a uma coberta para proteger a tripulação da exposição direta ao tempo e diminuir o embarque de água.

4. Cockpit desobstruído que permite a uma pessoa de cada vez realizar algum repouso, embora precário.

5. Aparelho para velejar simples e de dimensões reduzidas e uma ótima estabilidade.

Alguns recursos modernos podem fazer parte do equipamento de sobrevivência tornando a possibilidade de resgate e a chance de sobrevida muito maiores.

a) Epirb, GPS portátil e VHF portátil.

b) Dessalinizador manual compacto

0 dinghy Caravela foi projetado sem a intenção de homologá-lo como embarcação de salvatagem. Por esta razão sua utilização como tal só poderá ser efetuada simultaneamente com a embarcação exigida oficialmente, a balsa inflável, a qual deverá ser rebocada e deverá abrigar a tripulação excedente às duas pessoas que poderão permanecer no dinghy.

FICHA TÉCNICA

Caravela 1.7 *

Caravela 2.5

Comprimento total:

1.70 m

2.55 m

Boca máxima:

1.24 m

1.61 m

Pontal:

0.48 m

0.57 m

Peso líquido:

35 kg

50 kg

Deslocamento em uso:

200 kg

500 kg

 

(2 pessoas)

(5 pessoas)

Flutuação de reserva:

390 kg

500 kg

Área vélica para salvatagem:

1.8 m2

4.0 m2

* O Caravela 1.7 foi projetado sob medida para ser transportado no convés de proa do Multichine 28