Clube Descrição Layout Principais Dimensões Lista de Planos Plano Vélico Mastro e asteiamento Convés Construção do Casco Quilhas Fotos Formulario de Pedido

Multichine 26C

Imagens renderizadas por IDEE

www.ideebr.com



      O segredo da construção do Multichine 26 C, assim como o da construção de nossos outros veleiros de ply-glass, está na fabricação em bancada das anteparas transversais que estruturam o barco.
Torná-las fáceis de construir é a principal preocupação deste roteiro, pois uma vez elas concluídas, colocá-las em pé e uni-las com os sarrafos que as integram longitudinalmente é uma tarefa simples, pois os entalhes onde se encaixam estes sarrafos são abertos logo no primeiro momento quando os planos das seções transversais que representam cada uma destas anteparas é passado para os compensados que serão cortados para formá-las. A fase seguinte de aparafusar e colar os painéis de compensado fino que fecham o casco é fascinante. Cada placa fixada no lugar dá um prazer incrível. O construtor fica vendo o seu barco tomando forma e já visualizar o casco pronto logo adiante.
O revestimento de fibra de vidro minuciosamente explicado em um dos capítulos deste roteiro, irá consolidar a fabricação e tornar o trabalho irreversível. Terminada a laminação a pessoa já tem um casco, sólido e durável. A satisfação alcançada neste ponto de obra é difícil de ser avaliada por uma outra pessoa. Só quem fez o trabalho consegue sentir o prazer que dá ter construído aquilo tudo. Neste ponto o sonho começa a se tornar realidade.
A fase seguinte não é agradável. Lixar fibra de vidro é penoso e o pó da lixagem coça quando penetra nos poros da pele. Mas a fase ruim dura no máximo um ou dois dias. É quando se passa a lixadeira circular para tirar as imperfeições mais grosseiras da laminação. A sequência da lixagem empregando calços de compensado com lixas coladas neles já praticamente não incomoda. O problema é que esta operação é trabalhosa e somente o orgulho de fazer um serviço bem feito e o prazer de ver a superfície ficando lisa, empurraram o trabalho para frente.
Vencida esta etapa, daí em diante a obra fica mais fácil e cada vez mais empolgante.
Após a viragem do barco é completada a mobília interna. A parte transversal desta mobília já foi fabricada na bancada, pois é constituida pelas anteparas construídas logo no início da obra. Como um caixote que já tem dois lados fabricados além do fundo é só instalar as paredes laterais para completá-lo. A mobília é a mesma coisa. Um capítulo no roteiro explica passo a passo como proceder nesta fase, e todos os construtores nos asseguram que este trabalho é o mais gratificante em toda a obra e é bem mais fácil do que imaginavam.
Fazer convés, cockpit, e cabine é semelhante a fazer a mobília, com a vantagem de agora o construtor já ver seu barco com cara de pronto.
As instalações de sistemas, hidráulico, elétrico e propulsão são simples e explicados em capítulos próprios, e cada construtor se sente motivado a vencer esses desafios, tornando-se um razoável conhecedor destes temas uma vez estas tarefas estejam concluídas.
Nos capítulos referentes a estes temas, procuramos explicar um pouco sobre o funcionamento adequado destes sistemas e damos as dicas para que o trabalho fique bem feito. Como estes campos do conhecimento são muito vastos, fica um espaço para que cada um personalize estes serviços de acordo com seus conhecimentos e suas preferências, mas esta liberdade é um dos grandes encantos da construção amadora.
Finalmente procuramos informar sobre a linha de pintura, instalação de ferragens, fabricação de leme e quilha e suas instalações colocação do mastro e acabamentos finais.
Este roteiro cobre também informações sobre máquinas e ferramentas necessárias à construção, e considerações sobre os materiais básicos da construção, compensado naval, madeira e a resina epoxy, um componente vital na construção de embarcações de ply-glass.
Com um conjunto de plantas muito bem detalhadas, mais a ajuda deste roteiro, desejamos que a sua construção seja agradável do início ao termino da obra e que em seguida o seu Multichine 26 C lhe proporcione momentos inesquecíveis de velejadas gloriosas