Quilhas Formulario de Pedido Fotos Quilhas Construção do Casco Convés Mastro e asteiamento Plano Vélico Lista de Planos Principais Dimensões Layout Descrição

Samoa 28

Cada vez mais os amadores se interessam por processos construtivos que sejam rápidos e fáceis de fazer, sem por isso perderem de vista a qualidade final do barco concluído. Exatamente isto é o que acontece na construção do Samoa 28 em sanduíche de strip-plank. O barco é fabricado com balizas provisórias de MDF cujos desenhos são fornecidos em escala natural, o que significa rapidez e baixo custo em sua confecção. Em seguida é aplicado sobre essas balizas um revestimento de ripas de madeira, ou de espuma de PVC levemente pregado às balizas.
O passo seguinte é, após lixar a superfície externa do sanduíche, realizar um revestimento de fibra de vidro, que também será lixado em seguida. À medida que a laminação vai avançando, os pregos que unem os strips as balizas vão sendo retirados, até que, concluído o revestimento, o casco está completamente solto.
Então o casco é virado de cabeça para cima e todas as balizas são removidas. Neste ponto tem-se uma banheira totalmente livre onde serão chumbadas ao casco as anteparas que fazem o interior do barco.
Antes de iniciar a fabricação do interior, realiza-se uma laminação interna que deixa o casco com sua rigidez definitiva. As anteparas são filetadas ao casco e depois esta chumbagem é reforçada com cantoneiras de fibra de vidro, desta forma aumentando a rigidez de todo o conjunto que ainda será aumentada com a fabricação da super estrutura.
Esta é especificada para o sistema ply-glass, o método ideal para o convés, pois as superfícies sendo mais extensas e pouco curvadas, rapidamente são cobertas por compensado naval, e também fica bem fácil fazer o revestimento com fibra de vidro.
Este projeto apresenta várias inovações. A principal delas é o fato de todos os painéis maiores que entram na construção do interior serem apresentados em desenho específico e terem seu número de identificação. Desta forma eles serão facilmente cortados e fixados em seus lugares, sem perda de tempo com ajustes. A eliminação de parte da estrutura interna também é uma considerável economia em tempo de construção. Estas novas idéias permitem que o barco seja feito em menos tempo, o que é uma grande vantagem.
A divisão interna e o arranjo de convés seguem as linhas super bem sucedidas dos Multichines 26 e 28, que são imbatíveis em conforto e praticidade neste tamanho de barco.
A performance deste modelo é mais compatível com a dos barcos de regata, sendo a leveza e a configuração especial de quilha e leme os principais fatores para isso.
Por outro lado, o Samoa 28 também é um excelente barco de cruzeiro. Afinal não é fácil encontrar um veleiro deste tamanho com duas camas de casal, sendo uma delas num camarote privado, uma cozinha ampla como só se encontra em veleiros bem maiores, mesa de navegação, banheiro, e sala com mesa para que quatro pessoas possam-se sentar com conforto e fazer uma refeição.
Com uma silhueta moderna e elegante, o Samoa 28 é um barco destinado a se tornar famoso em muito pouco tempo.

Clique nas imagens para melhor visualizar.