Formulário de Pedido Fotos Fotos Quilhas Construção do Casco Convés Mastro e asteiamento Plano Vélico Lista de Planos Principais Dimensões Layout Descrição

Samoa 34

Introdução: O Samoa 34 foi desenhado para ser um veleiro oceânico capaz de realizar as mais ambiciosas aventuras náuticas, enquanto que é suficientemente veloz para participar em regatas de clube com chances de obter boas colocações. Classificado como cat. A de acordo com as normas de estabilidade adotadas pela União Européia, ele é um barco para ser confiado quando as condições de mar estiverem as piores possíveis, isso sem deixar de ser um barco confortável e aconchegante para ser habitado em alto mar.

Samoa 34 é o veleiro de tamanho perfeito para realizar travessias oceânicas. Tendo potência para navegar contra o vento quando as condições são desfavoráveis, ele é um barco que inspira confiança quando navegando em mal tempo, ao mesmo tempo em que oferece conforto e funcionalidade à tripulação.

Desde sua introdução o Samoa 34 vem fazendo uma brilhante carreira. Com dezenas de barcos construídos, o projeto vai ganhando um nome como referência de qualidade onde for que esteja velejando.

Luthier é um Samoa 34 de construção amadora que atravessou o Atlântico ida e volta tendo seus construtores, Dorival e Catarina Gimenes, como seus tripulantes.

O modelo já foi submetido a teste, como uma travessia ida e volta de Paraty à Europa, o que serviu para provar o quanto o projeto é adequado para navegar em mar aberto em viagens de longa duração.

Arranjo interno: O Samoa 34 foi projetado para permitir que até seis pessoas possam pernoitar a bordo, duas em cada camarote, e mais duas dormindo nos sofás/beliches da sala.

A cabine de proa é um perfeito quarto de hóspedes. Possuindo uma cama de casal de formato quase retangular, um sofá, uma bancada e um armário de roupas, essa cabine é perfeita para ser ocupada por um casal, oferecendo todo o conforto para que os ocupantes se sintam bem alojados.

A cabine de proa do Samoa 34 Luthier. Os proprietários vivem a bordo desde que o barco foi inaugurado, já tendo navegado dezenas de milhas com ele.

A cabine de proa é o quarto de hóspedes do Samoa 34. Possuindo uma cama de casal de formato quase retangular, tendo ao lado um confortável sofá, e mais um armário de roupas a boreste e uma cômoda a bombordo, esse camarote oferece total privacidade a um casal. Não há objeção se alguém preferir dotar esse camarote de duas camas de solteiro, se assim for preferido. A antepara que separa essa cabine do salão possui porta de duas folhas dobráveis no centro, um recurso que permite que quando aberta quase não roube espaço da cabine.

À ré dessa antepara está situado o mais confortável salão social que se possa encontrar em um veleiro de trinta e quatro pés. Tendo dois sofás/beliche simétricos, e uma grande mesa fixada à coluna do mastro, ali tem espaço suficiente para que uma refeição seja servida para seis pessoas, ou que dois adultos ocupem os sofás/beliches para dormir. Atrás dos encostos dos sofás existem armários escondidos pelo estofamento para as costas, e acima deles mais armários e duas estantes, com lugar para livros, televisão em um dos lados, ou o que mais se queira ter ali.

A pequena e elegante casaria posicionada à ré do mastro é circundada por janelas a sua volta, o que garante boa iluminação a esse ambiente e visibilidade para o exterior. Outra vantagem dessa casaria é que uma pessoa sentada na parte de ré dos sofás pode monitorar a vela grande sem precisar sair do lugar, uma boa vantagem quando se navega com tripulação reduzida.



A area social do Samoa 34 é ampla o suficiente para que seis pessoas possam apreciar uma refeição em sua mesa, ou que oito pessoas convivam numa reunião social, isso sem que ninguém se sinta apertado.

Ainda na área elevada da cabine, à ré dos sofás, estão colocadas a cozinha no lado de bombordo, e a mesa de navegação a boreste. A cozinha possui uma ampla bancada onde são instaladas duas pias e a porta de acesso à geladeira. No imenso armário sob essa bancada existe espaço suficiente para se estivar os utensílios de cozinha, além de uma lixeira com acesso pela parede frontal do móvel. O fogão com forno é fixado ao seu nicho por dois pinos que permitem que pivote qando o barco aderne, mantendo as panelas na horizontal.

O fogão de duas bocas e forno com suspensão cardan é posicionado entre a bancada das pias e a antepara do camarote de popa.

A mesa de navegação e a poltrona do navegador são voltadas para a proa. O encosto da poltrona é a parede que separa o salão do banheiro.

A mesa de navegação e sua poltrona, localizados à boreste, completam o arranjo interno do salão. A parede longitudinal à direita do navegador é onde são instalados o painel elétrico do barco, os equipamentos de rádio comunicação e aparelhos de navegação eletrônicos, exceto o monitor de radar, que deve ser instalado na parte da frente da mesa para que o navegador veja a tela coincidindo com a direção da proa do barco.

O salão social do Samoa 34 é espaçoso e completo. O compartimento da cozinha é o mais funcional que se possa encontrar em barcos desse tamanho.

Seguindo em direção à popa, posicionado a boreste, encontra-se o banheiro com pia, privada e local para o chuveiro, em cujo poceto é instalada a bomba automática que drena a água utilizada no banho. Existe ainda, logo à ré de onde é instalada a privada, um grande compartimento com acesso pelo banheiro onde podem ser instalados equipamentos volumosos, tais como gerador auxiliar e dessalinazador, caso esses equipamentos sejam desejados. Mais atrás ainda fica um compartimento com acesso pelo cockpit, ideal para estiva de velas e de um inflável sem fundo rígido, quando desinflado.

No lado oposto fica o camarote do proprietário, uma cabine muito espaçosa, bem iluminada e com ventilação natural provida por três vigias de abrir. Essa cabine possui uma cama de casal mais ampla ainda do que a da cabine de proa, um hall de entrada com pé direito idêntico ao do salão (1.97m), sofá e armário com cabideiro, além de uma série de armários laterais bem volumosos.

A cabine de popa possui sofá, cama de casal, móvel com bancada em cima, armário com cabideiro e outros armários. O pé direito no hall de entrada é de 1.97m.

Layout de convés: O layout do convés prima pela simplicidade. O mastro apoiado no convés é uma garantia de não ter goteira em torno da enora. O poço da âncora profundo permite que o peso da corrente de fundeio fique bem baixo, contribuindo para a estabilidade do barco.

Seu convés de proa livre e desimpedido é fator de segurança especialmente bem-vindo quando se torna necessário fazer manobras na proa. Essa área é também perfeita para banhos de sol e para estivar um inflável ou um caíque sólido quando navegando.

O traveller colocado sobre a caixa da gaiuta permite que o sistema da vela grande não estorve o cockpit, mesmo quando é instalado um dodger sobre a gaiuta. Outro detalhe que representa conforto é a ampla plataforma de embarque na popa.

Plano vélico e estaiamento: O Samoa 34 possui uma mastreação fracionada com área vélica moderada, uma boa solução para um barco de cruzeiro oceânico projetado para navegar em qualquer latitude. Tendo cruzetas flechadas para trás, a armação é rígida e robusta, uma tranqüilidade para quem quer velejar em mar aberto em qualquer condição de tempo. O triângulo de proa é bastante grande para permitir bom desempenho em ventos fracos. Quando as condições de tempo se tornam duras, a vela grande não sendo demasiado grande, permite que o barco navegue tranqüilo com grande e buja, uma boa solução para quando se está fazendo cruzeiro em família, ou com tripulação reduzida.

Fin keel e leme: A quilha do Samoa 34 possui um calado reduzido, tendo a estabilidade aumentada pelo bulbo em sua parte inferior. O leme sendo superdimensionado, tanto em área, quanto em estrutura, em combinação com as linhas suaves do casco, garantem uma estabilidade de rumo fora de série, o que torna o Samoa 34 uma jóia para ser velejado, seja em ventos fracos ou em mal tempo.

A quilha bulbosa do Samoa 34 e seu leme superdimensionado têm muito a ver com a carreira bem-sucedida do modelo. O barco já foi testado em todas as condições de tempo, sem nunca ter havido um relato de perda de controle de rumo, nem de baixa estabilidade para as condições encontradas.

Especificações de construção: O Samoa 34 é especificado para construção em strip-planking, laminado moldado de madeira, ou fibra de vidro. Essa última opção é conveniente quando um grupo se junta para construir uma série de barcos em sindicato. Nesse caso o custo da forma é rachado pelos construtores e acaba representando uma despesa pequena no custo total do barco. Só é recomendada a construção do casco em fibra de vidro, o restante da obra devendo ser feita da mesma forma que nos outros processos, com o emprego de compensado naval e superestrutura revestida com fibra de vidro. As especificações do casco em fibra de vidro não fazem parte do projeto de estoque e só são fornecidas sob pedido especial.